Início / Geral / Ser gay em Portugal – Será que o nosso país é gay friendly?

Ser gay em Portugal – Será que o nosso país é gay friendly?

Ser gay em Portugal - Será que o nosso país é gay friendly?

Há pouco tempo chegou à nossa comunidade um email de um brasileiro que gostaria de saber como é ser gay em Portugal.

Este poderia ser um email igual a tantos outros que por vezes recebemos, mas a preocupação do Thiago (nome fictício) é bastante real.

O Brasil que tem uma das maiores comunidades LGBT do mundo, está a passar um período complicado e controverso muito por causa do Bolsonaro.

De acordo com o Thiago, todos os dias várias pessoas pertencentes à comunidade LGBT (não precisam sequer se gays) são espancadas e agredidas a mando do possível futuro presidente do Brasil.

Tal como acontece com o Thiago e o seu namorado, muitos outros gays estão a pensar fugir do país e pedir asilo político no caso de as coisas darem para o torno e Bolsonaro ser efetivamente eleito.

Assim sendo, hoje, este artigo, tem como especial intuito, não só ajudar o Thiago, como também outros membros da comunidade LGBT no Brasil que estejam a ponderar vir para Portugal viver.

Ser gay em Portugal – Não é o pior país do mundo para se viver

Sinceramente, comparado com o Brasil, Grécia ou outros países homofóbicos, podemos dizer que ser gay em Portugal não é propriamente complicado.

Claro que existe discriminação (principalmente por parte das pessoas mais velhas ou grupos um pouco mais extremistas).

Mas, os gays ou qualquer membro da comunidade LGBT pode viver tranquilamente em Portugal.

De acordo com diversos estudos já realizados, Lisboa é a 15ª melhor cidade do mundo para pessoas LGBT (considerando 5 fatores: encontros, vida noturna LGBT, abertura às questões LGBT, segurança e direitos LGBT).

Mas, isso não quer dizer que a comunidade LGBT não se sinta ou não esteja segura noutros pontos do país.

São nulos (ou praticamente) os casos de agressão a pessoas gays em Portugal. Assim, é possível dizer que no caso de ser necessário saírem do Brasil, ser gay em Portugal não será complicado.

Aqui, é também importante frisar que embora haja um pouco de descriminação (nomeadamente olhares de lado ou algumas boquinhas), um casal gay pode andar na rua de mãos dadas e mostrar afeto.

Este tipo de ações não é propriamente mal vista pelos portugueses, por isso, ser gay em Portugal é até bastante simples (quando comparado a outros países),

Além disso, é possível enumerar um sem número de opções gay friendly em Portugal. Conheça-as de seguida.

Ações gay friendly em Portugal

Longe vai o tempo em que Portugal se mantinha num cantinho quanto a assuntos gay friendly.

Hoje em dia, além de existirem dezenas de praias gays (como é o caso da praia 19, praia do meco ou praia do furadouro), existem mais alguns pontos onde a paragem da comunidade gay em Portugal é obrigatória.

Alguns desses pontos são:

  • Parada Gay em Lisboa
  • Dirty Top em Lisboa
  • Discoteca / Bar Finalmente
  • O restaurante Gayola
  • Maria Lisboa

E estes são apenas alguns dos exemplos. Como vê, ser gay em Portugal é bastante simples.

Por isso, a todos os membros da comunidade LGBT no Brasil que se sintam ameaçados pela possível eleição de Bolsonaro e que queiram deixar o seu país, Portugal é uma boa opção.

Além de tudo o que está interligado à comunidade gay, a facilidade de adaptação é também um ponto a considerar uma vez que a língua é bastante semelhante.

Assim, se sentirem que viver no vosso país não é uma opção, garantimos-lhe que a comunidade LGBT portuguesa está de braços abertos para ajudar.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.5/10 (2 votes cast)
Ser gay em Portugal - Será que o nosso país é gay friendly?, 5.5 out of 10 based on 2 ratings

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.