Início / Geral / As doenças sexualmente transmissíveis mais comuns

As doenças sexualmente transmissíveis mais comuns

Segundo a organização mundial de saúde diagnosticam-se anualmente 450 milhões de casos de doenças sexualmente transmissíveis. Diversos entendidos relacionam esta notável facto com a falta de uso de meios de proteção nas relações sexuais. Com o desenvolvimento de métodos contracetivos e a cura para determinadas DST’s (como a SIDA) a sociedade deixou de se preocupar tanto com essas doenças, perdendo um pouco as práticas seguras.

doenças sexualmente transmissíveis

Os micro-organismos causadores das DST’s trasmitem-se fundamentalmente pela troca de sangue ou fluídos corporais maioritariamente (cerca de 85% dos casos) durante as relações sexuais incluindo sexo vaginal, anal e oral. Portanto a melhor maneira de evitar essa troca de fluídos é precisamente com o uso do preservativo, considerado o meio de proteção mais eficaz contra doenças sexualmente transmissíveis.

Diversas clínicas e associações especializadas no tema alertam que a prática de sexo não seguro por parte dos jovens está a dar lugar a uma grande parte do coletivo de infetados por DST’s representando cerca de 75% dos novos casos sendo mais de metade deles população homossexual.

Na realidade existem imensas doenças sexualmente transmissíveis contudo as quatro mais frequentes são:

Gonorreia – A bactéria que se multiplica facilmente nas áreas húmidas e quente (produzindo irritação e feridas no útero, trompas de falópio, uretra, ânus, boca, garganta e olhos).

Sífilis – Também é produzida por uma bactéria que se desenvolve nas zonas húmidas (dando lugar a uma ferida nas zonas íntimas que a longo prazo desenvolve para erupções por todo o corpo e ainda que finalmente desapareçam se não é tratado a tempo podem aparecer transtornos mentais, cardíacos ou cegueira).

Papiloma humano – Neste caso trata-se de um vírus cujo sintoma principal é o aparecimento de verrugas que tornam a pele irritada durante as práticas sexuais.

SIDA (Síndrome da imunodeficiência adquirida) – É uma das doenças sexualmente transmissíveis mais comuns, sendo a mais conhecida das quatro e também a mais agressiva por atacar diretamente o sistema imunitário do indivíduo deteriorando o nosso organismo.

E para despedir-mo-nos deixamos a seguinte frase:

A melhor cura é sempre a prevenção.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 7.3/10 (8 votes cast)
As doenças sexualmente transmissíveis mais comuns, 7.3 out of 10 based on 8 ratings

Acerca patricia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.