Início / Geral / Como superar a discriminação sexual e ser feliz

Como superar a discriminação sexual e ser feliz

A discriminação sexual é uma das grandes causas para a infelicidade dos membros da comunidade LGBT em Portugal. Apesar de atualmente já termos alguns direitos, como o casamento entre pessoas do mesmo sexo, continuamos a ser fortemente penalizados e moralmente agredidos.

Infelizmente, a discriminação sexual não irá desaparecer subitamente, portanto é necessário que se prepare, junte forças e ultrapasse este preconceito!

discriminação sexual

No LGBT lutamos diariamente para o bem estar dos nossos membros e, por isso, queremos ajudá-lo a ultrapassar de cabeça erguida a ainda existente discriminação sexual.

Veja como poderá ser LGBT e feliz nesta sociedade!

3 Regras de ouro para ser feliz

  1. Dê valor a quem o compreende – Todos nós, LGBT ou não, devemos dar valor às pessoas que nos amam e compreendem, deixando para segundo plano as pessoas com atitudes incorretas. Não foque o seu pensamento nas pessoas que não o merecem e viva para aqueles que realmente estão lá para si.
  2. Mantenha-se fiel aos seus ideais – Umas das grandes causas da frustração da comunidade LGBT é ceder à pressão da discriminação sexual e abandonar ou esconder os seus ideais. Nunca desista da pessoa que é e nunca ignore ou esconda o facto de ser LGBT. É um direito seu!
  3. Procure o amor – Qualquer pessoa tem direito a estar ao lado da sua alma gémea e um LGBT não é exceção. Não se esconda do amor com vergonha! Tudo se torna mais fácil com uma companhia ao seu lado! Ganhe coragem e procure a pessoa ideal para si.

 Combata a discriminação sexual!

Defender os nossos direitos e lutar por aquilo em que acreditamos é parte fulcral da felicidade de um LGBT. É recompensador lutar diariamente e sentir que fazemos a diferença, sentir que, com a nossa ajuda, a comunidade LGBT é cada vez mais aceite.

Lutar pelos direitos LGBT não significa que tenha que marcar presenças em manifestações ou em marchas de orgulho, pois a luta também se faz por gestos mais pequenos. Cultive a aceitação no seu grupo de amigos, no seu emprego e mesmo nos locais sociais que frequenta. Quando estiver perante uma situação de discriminação sexual seja pró ativo e defenda os seus direitos, de uma forma calma e através de argumentação.

Esta é uma luta que travamos diariamente, mas que gradualmente vai mudando a forma de pensar da sociedade portuguesa. Para si, que é LGBT, a sensação de lutar por aquilo que é seu, vai dar-lhe nova força e novo animo!

Lute pelo fim da discriminação sexual e sinta-se parte desta nova família, a comunidade LGBT!

 

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)
Como superar a discriminação sexual e ser feliz, 10.0 out of 10 based on 1 rating

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.