Início / Notícias / 1ª marcha LGBT em Viseu – Saiba tudo sobre este evento

1ª marcha LGBT em Viseu – Saiba tudo sobre este evento

1ª marcha LGBT em Viseu - Saiba tudo sobre este eventoA Já marchavas – primeira marcha pelos direitos LGBTI+ de Viseu ocorreu no domingo dia 07 de outubro e contou com mais de 1000 participantes. Esta 1ª marcha LGBT irá ficar para a história da cidade.

Esta marcha foi um passo em direção à liberdade de expressão, já que Viseu é ainda uma cidade com um grande movimento homofóbico.

Em 2005, várias associações de defesa dos direitos homossexuais denunciaram a existência de um gang que estava a atormentar a comunidade LGBT, ameaçando os seus membros de forma sistemática.

Esta questão foi falada a nível nacional e os acontecimentos ficaram marcados na história da cidade.

Esta marcha tem como lema “pela liberdade no amor e autodeterminação de género”, e reúne “pessoas com diferentes histórias de vida, orientações sexuais, características sexuais, identidades e expressões de género”.

13 anos depois a cidade de Viseu e a comunidade voltaram a receber a marcha LGBT.

Marcha LGBT em Viseu – Já Marchavas

Domingo, 07 de outubro de 2018 a marcha LGBT parte às 15:30 do Jardim Sensorial de Santo António, em direção ao Rossio. À chegada ao destino, foi lido o manifesto da manifestação e o megafone ficou disponível para quem quisesse falar.

O principal intuito desta manifestação, passou essencialmente pela continuação da luta contínua que a comunidade LGBT vem a ter ao longo dos anos.

A organização do evento contou com o apoio e solidariedade das associações LGBT de Bragança, Vila Real, Porto e Coimbra que se organizaram de forma a poderem também eles participar desta primeira marcha LGBT de Viseu.

“Eu amo quem quiser, tenha o género que tiver” e “queremos educar os nossos filhos com amor”! Estas foram algumas das palavras de ordem entoadas pelos manifestantes, a par de “nem mais, nem menos, direitos iguais” e “a cura do preconceito é mais educação, amor e cultura”.

Não só em Portugal como no mundo, diariamente dezenas de pessoas pertencentes a esta comunidade são atacados, violados, roubados, assassinados e agredidos devido à sua orientação sexual.

Um bom exemplo disso, foi o caso do ativista grego que foi espancado até à morte em Atenas, simplesmente porque era um membro ativo da comunidade LGBT.

Embora ainda tenhamos muito que aprender, a verdade é que viver em sociedade é um papel que cada um de nós tem de desempenhar.

O problema é que a maior parte das pessoas não percebe que a sua liberdade termina quando começa a liberdade do outro.

Nós, enquanto comunidade LGBT não precisamos que nos compreendam ou que aceitem em plenitude as nossas escolhas. Na verdade, o que queremos e precisamos é que respeitem e incitem o respeito e a convivência pacifica em detrimento da violência gratuita de que ainda somos alvo.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)
1ª marcha LGBT em Viseu - Saiba tudo sobre este evento, 10.0 out of 10 based on 1 rating

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.